Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 2ª temporada – 194ºepisódio – “O tempo e a vida”

{#emotions_dlg.away}{#emotions_dlg.sol}

Continuação…

 

Até mesmo depois de afirmar confiantemente vezes suficientes para mostrar que tem toda a certeza do que quer, os vampiros permanecem a questioná-la sobre o assunto.

 

MA – De certeza? Lembra-te que não há como voltar atrás!

 

Dan – Já pensei o suficiente! Bastante até! Tenho a certeza!

 

Fran – Mesmo sabendo que vais ter de deixar a tua família?

 

Dan – Provavelmente, se continuar assim, doente, terei de deixar...

 

Bea – (comenta) Seja quem for que a transforme vai ter de lhe ensinar o auto-controlo rapidamente! Temos de evitar deslizes!

 

Dan – Por favor! Vai demorar muito tempo? Preferia que fôssemos rápidos… Não quero perder tempo!

 

Cristina aproveita para explicar que primeiro vai ter de a examinar para poder evitar que sofra demasiado e corra riscos durante o processo de transformação, devido à doença. Depois, aproveita o momento para dar novidades sobre o seu trabalho aos vampiros.

 

Cris – Fiz umas experiências e acho que já cheguei à fórmula final! Se tudo correr bem, daqui a pouco tempo já não haverá problemas em andar mais tempo perante o calor do sol!

 

MA – (curioso) Como assim?

 

Cris – (animada) Estarei a fabricar algo como um protector solar! Mas para vampiros!

 

Entre tantas preocupações, aquela notícia é recebida com espanto e alegria. De tal forma que o Mais Antigo decide só ir embora quando o produto estiver terminado e comprovado.

 

Mais tarde, os pais de Daniela entram no Bloody Mary. Um grupo de vampiros certifica-se de que eles vêm mesmo sozinhos e, para alívio, apenas trazem consigo a teimosa e inofensiva Céu.

 

De alguma maneira e, certamente, com toda a inteligência possível, os vampiros tomam conta da situação. “Convencem-nos” de que nada de mal aconteceu e, sobretudo, que Daniela está óptima. Fazem-nos esquecer de quem viram ali para além da rapariga e ainda arranjam uma forma para que eles possam dizer a todos que tudo não passou de um mal entendido.

 

Por alguns minutos, Daniela conversa com a família. Depois, despede-se e os visitantes saem dali plenamente convencidos de que nada de anormal aconteceu. Entretanto, um grupo de vampiros experientes garante que tratará de “encantar” os médicos responsáveis e talvez também alguns membros da polícia.

 

Entre tantos acontecimentos, o Sr. Abílio decidiu não adiar mais! Aproveitando um dos momentos em que Fátima deixou a enfermaria, o homem encheu tudo de velas, agarrou num ramo de rosas e numa caixinha vermelha, vestindo a sua camisola preferida, a do Belenenses.

 

Fát – (a chegar) O quê que se passa aqui?

 

Abílio ajoelha-se, abre a caixinha e oferece-lhe um anel.

 

Ab – Case comigo! Vamos viver juntos, Fátima!

 

Fátima fica pasmada. Depois emociona-se. Acaba por aceitar. O casal troca um beijo amoroso.

 

Apesar de ter sido decisão sua, Daniela não consegue deixar de se sentir triste pelo que foi necessário fazer com a família.

 

Numa tentativa de se mostrar compreensivo e de a ajudar, o Mais Antigo garante que aquela sensação de despedida vai acabar e que…

 

MA – Acredita em mim! Com o pouco que já conheço da tua personalidade e da tua vida, sei que não haverá melhor sensação do que o poder, liberdade e eternidade. Ser vampiro pode tornar-se uma bênção se for dada a quem merece! Vais ter um futuro infinito e vais poder fazer escolhas. Se estiveres errada, tens sempre tempo para seguir outro caminho. Simplesmente, podes procurar ser feliz!

 

Dan – (comenta) Essa é uma esperança de vida mesmo muito tentadora!

 

MA – Tu és forte, rapariga! Vais ultrapassar as mudanças facilmente! E vais amar as novas sensações!

 

Beatriz sabe fazer esperar e, assim, fazer sofrer alguém com ansiedade. Só agora é que finalmente se foi esclarecer com Joel. Colocou todos os pontos nos “is” e fê-lo admitir que foi irresponsável, obrigando-o indirectamente a pedir desculpa. No final, depois de o fazer penar, perdoa-o e até acabam por abraçar-se em sinal de pazes feitas e amizade.

 

No seu gabinete, Lúcio prepara-se para fazer a sua pausa do jantar quando ouve bater à porta. Ainda que cansado, dá a autorização de entrada.

Uma mulher esbelta e morena entra calmamente, acompanhada por um rapaz de vinte e poucos anos, visivelmente animado e ansioso.

Lúcio dá um salto na cadeira e fica como que paralisado. Os três observam-se mutuamente com ansiedade, surpresa e dúvida.

 

Continua…

 

[Boa Tarde! Esperam que fiquem para os próximos episódios... Mais logo! E visitem o Facebook!

 

 

 

Bjs <3 a autora]

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisa Aqui

 

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada, havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Após o final da Fanfic, em Novembro de 2017, foi anunciado pela autora que o Blog continuaria online, e que ganharia mais duas colunas: "Tudo Certo com Lua Vermelha" e "Tudo Errado com Lua Vermelha". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D