Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 2ª temporada – 195ºepisódio – “Reencontros”

Continuação…

 

Nervoso, Lúcio coloca-se de pé e pede que se sentem, enquanto murmura para si mesmo sobre a impossibilidade do que pensa, cada vez mais atrapalhado.

 

Os dois permanecem de pé, como se recusassem sentar-se já. A mulher, Benedita, sorri enquanto confirma que aquele é o homem que tem vindo a procurar há anos.

 

Ben – Parece-me que continuas o mesmo, Lúcio! É tão bom ver-te!

 

Lúcio começa agora a acreditar, ainda que com dificuldade e muitas dúvidas.

 

Lú – Não é possível! És mesmo tu? Como?

 

Com um aceno de confirmação, Benedita recebe o marido com um abraço pelo qual esperava há muito tempo. Um abraço de saudade e alegria.

 

Há 20 anos atrás, Lúcio, Benedita e o filho, na altura com 2 anos, foram de férias a Itália, pois há muito que desejavam visitar Roma. No entanto, o hotel onde estavam hospedados sofreu um ataque, tendo havido diversas explosões e incêndios. Lúcio sobreviveu com alguns ferimentos graves, e apenas se lembra de ter acordado num hospital. Enquanto que, a mulher e o filho, Tomás, inicialmente dados como desaparecidos, acabaram por ser considerados vítimas mortais.

 

Ben – Há muito para contar e esclarecer mas, agora que estamos aqui…

 

Lú – Não vamos perder tempo!

 

Lúcio olha para o rapaz, impressionado.

 

To – Sim, sou eu! O Tomás!

 

Lú – (emociona-se) Ó, meu rapaz! Pensei que nunca mais iria ver-te!

 

To – Finalmente, estou aqui!

 

Pai e filho abraçam-se. A felicidade ali existente é inexplicável. Há muito tempo que Lúcio não se sentia assim, feliz e livre.

 

2 SEMANAS DEPOIS…

 

Agora que todos no colégio já se afastaram dos problemas, Magda aproveita para fazer uma pausa na preparação do regresso às aulas, indo passear pela vila de Sintra. Entre tantas pessoas, Magda cruza-se com um esbelto rapaz e tem a sensação de que o conhece. Fá-lo parar e questiona-o.

 

Mag – Espera! (convicta) Eu conheço-te!

 

Alejandro olha-a com espanto e, sendo ele alguém que reconhece sempre uma mulher bonita, lembra-se da última vez que esteve com aquela, há 14 ou 15 anos. Ela era mais jovem e ele o mesmo encantador mulherengo repleto de charme.

 

Alej – Desculpe? Não…

 

Mag – Mas eu tenho a certeza! Tu és… Mas… continuas igual!

 

Muito discretamente, o vampiro “encanta-a” e fá-la esquecer a ideia de que o conhece. Convence-a de que apenas chocaram ali um contra o outro e, num gesto de simpatia e cavalheirismo, ele a convida para uma bebida nessa mesma noite, no Bloody Mary. “Encantada”, Magda aceita.

 

Entretanto, Daniela já passou pela transformação. Sofreu e esteve tão mal que havia mais possibilidades de morrer do que sobreviver. Mas a sua força de vontade trouxe-a à vida. Já passou mais de uma semana e a jovem ainda não tem palavras para descrever a sensação.

 

Dan – Tinham todos razão! É incrível! Nunca me senti tão viva, Lianor!

 

Lianor viu na jovem um bom motivo para se instalar em Sintra por mais tempo, tendo aceitado transformá-la e dar-lhe tudo o que, como criadora, pode dar.

 

Cristina já testou a fórmula e, assim, o Mais Antigo já decidiu o dia em vai embora, tendo antes sugerido à médica que fabrique aquele produto para que possa ser distribuído por todos os vampiros que o queiram experimentar.

 

Todos procuram pela melhor forma de se despedirem do seu líder supremo e, depois de pensar várias vezes, Vasco propõe a Francisca que seja organizada uma festa.

 

Vas – Sim, uma festa! Ou um simples baile! Mas que seja temático!

 

Fran – Sim, é uma boa ideia… Um baile temático! Então, e que tema?

 

Vas – (pensa) Os anos 20! É isso! Os loucos anos 20! É sempre um bom tema…

 

Depois de rir da cara que Vasco fez quando mencionou “É sempre um bom tema…”, percebendo a indirecta provocadora por detrás da frase, Francisca concorda em prosseguir com a ideia, entusiasmada.

 

À noite, Alejandro já espera Magda no Bloody Mary. Esta, completamente encantada com a educação daquele jovem e com todo o seu charme, aceita uma bebida, no entanto, não se deixa “levar”, controlando-se perante o rapaz que, aparentemente, é mais novo.

 

Nesse instante, chega Verónica e, ao ver a amiga, com quem partilhou a vida durante anos, com um vampiro perigosamente sedutor, mete-se na conversa. Sem perceber o verdadeiro motivo da intromissão, Magda não esconde a alegria de encontrá-la, há meses que não se viam.

 

Depois de a humana sair do bar, Verónica exige a Alejandro que nunca mais se aproxime de Magda, sendo ela apenas uma humana inocente.

 

Alej – Calma, querida! Já me chegou o tempo que passei com ela há 15 anos… (provoca) Queres que te conte os pormenores?

 

Ver – (avisa) E afasta-te de mim também!

 

David não aguenta mais! Apaixonado e decidido a enfrentar qualquer coisa (até mesmo um pai em fúria!), o jovem procura Luna.

 

Continua…

 

[Boa Tarde! Aqui fica mais um episódio! Não deixem de dar opinião :) E espero que regressem esta noite, haverá mais um episódio hoje!

 

Bjs <3 a autora]

2 comentários

Comentar Post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisa Aqui

 

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Entretanto, por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada (melhor preparada do que a primeira...:D), havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e, mais recentemente, "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D