Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 2ª temporada – 196ºepisódio – “Esperar para amar”

{#emotions_dlg.heart}

Continuação…

 

Conhecendo suficientemente bem Luna, David calcula que ela esteja algures num jardim a apreciar o Luar. E não se engana.

 

No jardim do “Rouge Hotel”, Luna fica assustada quando vê o jovem aproximar-se com tanta pressa e agitação.

 

Lu – Passa-se alguma coisa?

 

Dav – Sim!

 

Lu – O quê?

 

Dav – Passa-se aquilo que tu bem sabes! (suspira) Eu compreendo que não sintas o mesmo, ou que não estejas preparada mas… Passa-se que tu és imortal mas eu não! Eu não posso esperar por ti!

 

Lu – Calma…

 

Dav – Não posso ter calma! Não quero saber de mais nada nem ninguém! Só sei que o tempo está a passar por mim e eu amo-te e tu nem sequer me dizes se tenho hipóteses ou não! (reforça) Eu não posso esperar…

 

Luna fica sem palavras. Está completamente sem reacção e, precisamente, por saber que o rapaz tem a razão do seu lado.

 

A jovem só reage quando vê o pai chegar junto deles, furioso, colocando-se à sua frente e afastando David bruscamente.

 

Af – É bom que saias daqui, imediatamente!

 

Dav – Não!

 

A ideia de desobedecer Afonso é das piores que alguma vez fez e David percebe isso ao contorcer-se de dor, como se cada músculo seu iniciasse um esforço involuntário e individual. Luna implora ao pai que pare e a David que saia dali. Depois, e agora mais calmo, Afonso pede que a filha o siga até casa.

 

Desde que se despediu de Magda, Alejandro ainda não largou Verónica. Já é óbvio que ele tenta sempre conquistar qualquer mulher bonita e irreverente, mas depois da cena que a ex-caçadora e agora vampira fez, Alejandro viu ali uma oportunidade para a provocar, seduzir e acusar de ciúmes.

 

Ver – (garante) Não me interessa a tua idade, beleza ou inteligência! Eu simplesmente, odeio homens como tu, mulherengos!

 

Alej – Primeiro: não sou mulherengo! Apenas respeito e aprecio o sexo feminino! Segundo: dizem que de ódio a amor, pode ir só um passo!

 

Com isto, aproxima-se dela com todo o seu charme em alta e tenta beijá-la. Sem saber como reagir, Verónica corresponde.

 

Enquanto isso, e aproveitando para descontrair, Beatriz continua as dar explicações sobre música a Pedro, em casa dos “Azevedo”. Divertido com tudo o que tem vindo a aprender, o rapaz está cada vez mais ansioso por começar a tocar piano.

 

Depois disso, e tendo obviamente concordado com a ideia, a líder encontra-se com Francisca, Henrique e Vasco no hotel, para pensarem sobre o local e a decoração do mesmo para o baile à anos 20, ao qual Francisca já intitulou de “The 20’s Ball”.

 

Henr – (lamenta) Ah… Os loucos anos 20! Eu era uma criança, não vivi nem metade da diversão da época…

 

Vas – (a rir) Não sabes o que perdeste!

 

Bea – (reforça) Nem imaginas o que perdeste! (provoca) Mas, se quiseres, não me custa nada contar-te, ou mostrar-te…

 

Fran – (interrompe) Quando estiveram sozinhos, claro!

 

Os quatro riem da brincadeira e das insinuações sobre aquela louca época.

 

Vas – (comenta) Foi sem dúvida uma das melhores épocas de sempre! A arte, a música… as mulheres!

 

Bea – (completa) E os homens, também!

 

Henr – Parem com isso!

 

Perto, na sala de estar do hotel, Joel aproveita para se aproximar de Daniela. Questiona-a e dá-lhe alguns dos conselhos que recebeu de Beatriz, contado também mais pormenores sobre a verdadeira história daquela falsa família.

 

Dan – Obrigado, Joel! Por tudo! Se não fosses tu… Bem, provavelmente, estaria numa cama de hospital!

 

Joel – (confessa) Eu fiz isso por ti e por mim. Eu não aguentaria ver-te sofrer enquanto eu conhecia uma possível solução… E, para além disso, não ia aguentar ter de me afastar de ti!

 

Dan – (avisa) Joel, eu sei! Mas, por favor, dá-me tempo! Eu já ultrapassei o que aconteceu connosco mas… Quero começar do zero e fazê-lo devagar! Se é que me entendes…

 

O rapaz percebeu tudo rapidamente. Daniela precisa de se adaptar primeiro e, por enquanto, deixar de lado tudo o que for sobre aquela relação.

 

Afonso chega agora a casa. Luna acompanha-o, chegando logo atrás dele. Até ao momento os dois mantiveram-se em silêncio, mas Afonso decide agora começar.

 

Af – Quero que te afastes daquele rapaz!

 

Lu – (surpreendida) Desculpa? Queres?!

 

Af – É mesmo isso, Luna! Tu vais afastar-te dele!

 

Lu – (indignada) Lá por quereres, não significa que o faça!

 

Afonso fica surpreendido e até irritado com a rebeldia que Luna está a revelar que tem. A discussão parece que pode tornar-se ainda mais acesa!

 

Continua…

 

[Boa Noite! Que tal foi este dia repleto de novos episódios??? Espero que tenham gostado! Para a semana há mais e, até lá, vou deixando novidades sempre que possa! Visitem também o facebook: https://www.facebook.com/lua.vermelhasegundatemporada

 

 

O que será que eu quero dizer com isto...?

 

Bjs <3 a autora]

5 comentários

Comentar Post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisa Aqui

 

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Entretanto, por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada (melhor preparada do que a primeira...:D), havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e, mais recentemente, "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D