Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 3ªtemporada - Episódio 64 – “O pior de nós!”

Uma surpresa de última hora no fim deste post... [só não se esqueçam de ler primeiro hihiih]

 

NOVO EPISÓDIO na SEXTA FEIRA :D 

Tenham uma boa leitura... 

 

Continuação…

 

A hora chega e já quase todos os vampiros da Comunidade de Sintra estão reunidos na cripta. Até os vampiros que se encontram apenas de passagem pelo local foram convidados a comparecer, ainda que não obrigados.

 

Mais Antigo preside a reunião e, não fazendo questão de esperar, começa por anunciar a eleição de um novo líder, apresentando Vasco como candidato e dando uma última chance a mais algum outro vampiro para se apresentar.

 

Apesar de parecer confiante, Vasco deixa transparecer algum receio no olhar, enquanto ouve Mais Antigo proferir o seu nome e, seguidamente, sugerindo a possibilidade de um outro vampiro assumir a responsabilidade de se candidatar. Tudo corre a seu favor, ninguém se opõe, ninguém mais concorre, e ainda assim teme não saber exactamente ao que se está a propor ou se corresponderá às necessidades.

 

- A cerimónia de eleição realizar-se-á já amanhã, por esta mesma hora! – anuncia Mais Antigo, não restando margem para duvidar da urgência.

 

E Vasco tem motivos para recear o futuro e temer sobre as suas capacidades, pois mesmo enquanto Mais Antigo profere novamente o seu nome e anuncia a cerimónia de eleição, confirmando-a, alguns dos vampiros presentes mostram-se ainda demasiado afeiçoados ao modo de liderar e à energia de Beatriz, dirigindo-lhe breves olhares de vez a vez. Parece que o facto de a vampira ter abdicado do cargo a favor da segurança de todos, assumindo uma única e firme escolha, a tornou ainda mais confiável e respeitada. A verdade é que Beatriz nunca substitui Máximo, nem teve intenção, deixando a sua própria marca, embora sem nunca destronar os feitos do líder anterior. Será que Vasco conseguirá o mesmo? O próprio duvida…

 

No comando da reunião, Mais Antigo depressa avança para novos assuntos, ignorando qualquer nervosismo desnecessário.

 

- Estamos aqui reunidos também para assumir um problema que tem vindo a manifestar-se há algum tempo, e que assumir proporções fora dos limites.

 

O Vampiro Supremos apresenta-se de pé no altar, em frente ao trono de líder, ladeado por Vasco. À sua frente Isabel e Beatriz encontram-se entre os restantes, dois degraus abaixo.

 

Há muito que Beatriz não ocupava aquele lugar, e essa troca de estatuto não está a incomodá-la minimamente. Deixar a liderança foi uma opção sua. Ao seu lado, Isabel transparece impaciência, desejando tratar rapidamente e pelos termos certos o assunto que, para si, é o mais importante.

 

Quando Mais Antigo se preparava para falar, passadas pesadas e rápidas invadem a cripta com urgência. Um vampiro, que por não ser residente na zona não foi obrigado a comparecer ao consílio, interrompe a reunião sem permissão, num desespero provocado pela surpresa de uma má noticia inesperada e que achou por bem trazer até ali.

 

- O que aconteceu? – questiona Mais Antigo, adivinhando a urgência e ignorando que fora interrompido.

 

- Um líder de zona acabou de noticiar um ataque a vampiros! – revela. – Treze vampiros atacados por criaturas desconhecidas na zona da fronteira Portugal-Espanha. - o jovem engole em seco a mágoa que sente enquanto lê a noticia através do telemóvel. – Apenas quatro sobreviveram e… - pausa, para se aproximar de Mais Antigo. – estão em estado grave.

 

- Como? Em estado grave? – questiona Beatriz, a seu próprio interesse, ignorando que provavelmente alguém reparou na sua rápida troca de camisola, trocando alças por mangas até ao pulso.

 

- Parece que estão feridos, e simplesmente não regeneram…! – esclarece o rapaz, com base no que lê na mensagem.

 

Incredulidade e medo invadem o local. Mais uma vez, os vampiros estão em perigo e, sem dúvida, à beira de uma guerra. A pressa em receber esclarecimentos espelha-se nos olhares perturbados e exigentes dos presentes.

 

Os Guardas de Mais Antigo tentam restabelecer a ordem, quando duvidas e questões começam a surgir, e a necessidade de defesa e protecção fica clara na forma como a discussão nasce e se torna acesa. Uns questionam a veracidade da situação, outros depressa desconfiam de um regresso da Luz Eterna e poucos são os que sabem a verdade. Para que a confusão termine, é necessário que Mais Antigo eleve a voz a um tom zangado e preocupado.

 

- Silêncio!

 

E o silêncio faz-se.

 

- Há pouco, na verdade… - retoma. - Hoje um vampiro que mantínhamos preso aqui, sofreu uma transformação ainda inexplicável e atacou e matou um dos nossos… - pausa, preparando os presentes para a noticia. - O Renato. – anuncia.

 

- O Renato morreu? – ouve-se a questão em vários murmúrios, e nota-se o esforço que alguns mantêm para não esmorecer sobre a noticia.

 

- Um outro vampiro… - continua o Líder. - … surgiu transformado em alguma outra criatura e atacou a Beatriz. Felizmente o desfecho não foi tão trágico.

 

Mais protestos surgem, e a confusão prepara-se novamente. O receio do desconhecido é óbvio.

 

Sob a permissão de Mais Antigo, Beatriz sobe ao altar do líder puxando Isabel para o seu lado.

 

- Nós não escondemos nada de ninguém! – responde a vampira a alguns dos presentes, assumindo o comando. – Só soubemos da existência destas criaturas há bem poucas horas e da pior forma… - esclarece.

 

Isabel intervém, apoiando a deixa de Beatriz e assumindo também o seu papel.

 

- Acreditávamos que isto era um problema de vingança pessoal e que não devíamos colocar mais ninguém em perigo, muito menos uma comunidade inteira, mas hoje tudo se revelou o contrário!

 

Aproveitando o silêncio dos presentes, que necessitam de esclarecimento e a ele têm direito, Isabel prossegue, mais confiante.

 

- Joseph Morgan, que fez desaparecer alguns vampiros ultimamente e também o Afonso, meu marido, possui motivações contra os vampiros que vão muito para além de uma simples vingança do passado.

 

Instintivamente, Francisca agarra-se a Pedro e Vânia, chegando-os para junto de si, como uma verdadeira mãe que protege os filhos da Guerra que adivinha. Ela já perdeu tanto para a Guerra. Guerra tem sido o tema principal da sua vida, das suas vidas, e por mais que queira proteger os seus e evitar perder alguém, há sempre uma pessoa especial que desaparece. Mais do que tudo, Francisca sabe, tem a certeza, de que não pode e não vai aguentar mais perdas.

 

Beatriz continua, retomando o discurso no lugar de Isabel.

 

- A loucura de um homem, está virar os vampiros contra si próprios. Joseph Morgan está a criar vampiros que se alimentam de vampiros, com o único objetivo de acabar com a nossa raça! – explica, ignorando o terror e anseio de justiça nos rostos de quem está presente. – E temo que alguns desses novos vampiros não tiveram qualquer escolha senão assumir a nova condição… - comenta, acreditando na possibilidade de Henrique já se ter tornado num deles. – Esta não é só mais uma guerra, mas uma guerra contra o pior de nós próprios! – conclui, esforçando-se por manter a calma perante o terror que nunca imaginou.

 

Continua…

 

[Olá Boa Noite! :D Espero que tenham gostado! Volto em breve, até lá deixem a vossa opinião :D

 

PS: o VIDA DE VAMP não ficou para trás! Estou só com dificuldades técnicas ;) 

 

Bjs <3 a autora]

 

CATARINA MAGO GRAVA "Toxic" e "Chandelier" em versão Pop Turns To Rock

https://popturnstorock.bandcamp.com/track/toxic

 

 

1 comentário

Comentar Post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisa Aqui

 

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada, havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Após o final da Fanfic, em Novembro de 2017, foi anunciado pela autora que o Blog continuaria online, e que ganharia mais duas colunas: "Tudo Certo com Lua Vermelha" e "Tudo Errado com Lua Vermelha". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D