Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 3ªtemporada - Episódio 66 – “Em Busca”

[Boa Noite! Aqui vos deixo finalmente mais um episódio :D Espero que gostem!]

 

Continuação…

 

Luna nem sequer está realmente a gritar por si. Tudo não passa de uma ilusão. De um jogo psicológico sujo.

 

Será?

 

Afonso gostava de exigir respostas, adoraria poder esbracejar e gritar a sua raiva por toda aquela devoção a um homem que destrói vidas, por mais sobrenaturais que elas se afirmem. Se ao menos lhe dessem a oportunidade de falar e de lhes colocar a hipótese de que Joseph, na verdade, não os ajuda, mas se aproveita deles.

 

Mas nada. Não consegue fazer nada. Pior do que estar preso, amarrado, esfomeado, é saber e sentir que alguém tem controlo sobre o seu subconsciente e que, partindo disso, poderá ter influência sobre tudo o resto.

 

O jovem sente cada pedaço da sua consciência, e do seu poder, ser-lhe extraído. Se ao menos lhe dessem a oportunidade… Mas o que se pode fazer contra a força da natureza? Contra eles? Esperar a oportunidade… Ou criar a oportunidade?

 

 

O consílio está prestes a ser dado como terminado, mas Beatriz intervém antes que Mais Antigo dê a última palavra que autorizará a retirada dos presentes.

 

- Gostaria de propor a realização de uma busca pela serra ainda hoje! – introduz, com esperança de que mais alguém queira realmente arriscar como ela. - Depois das notícias que acabámos de receber, esta nova ameaça pode estar cada vez mais perto do que imaginamos e, talvez uma busca no terreno possa garantir-nos de que, para além do Dimitri, não teremos mais problemas em breve. – explica a ex-líder, depois do consentimento de Mais Antigo, Vasco e Isabel sobre o assunto. – Estão comigo?

 

Ninguém questiona a ideia. Na verdade, o novo susto suscitou alguma adrenalina no vampiros, desejosos de enfrentar o perigo, ansiosos por fazer valer a sua coragem, força e sobrevivência novamente. Pois os vampiros hão-de continuar a fazer parte da História, ainda que ocultos nas sombras dos humanos, mas lá estarão, como sempre estiveram!

 

Apenas um dos presentes, James, ergue o braço para pedir a palavra. Mas nada mais do que sugerir um plano seguro para a concretização rápida e eficaz da busca, é o que pretende, apresentando-se como hábil na formação de planos de guerra.

 

Mais Antigo dá autorização de saída a todos os que necessitam e podem realmente ausentar-se, regressando por instantes às suas vidas. Apenas ele, o próximo líder, a ex-líder, Isabel e James que, afinal, é perito em buscas e fugas, ficam na cripta. Francisca ainda insistiu, garantindo que podia ficar, mas depressa a convenceram a prestar auxílio aos vampiros, cujo porto seguro é o hotel.

 

Após o fim do Consílio, as más noticias continuaram a chegar. Mais vampiros foram atacados. Felizmente, agora mais feridos do que mortos. Mas na verdade, os feridos também não têm razões para agradecer estar vivos.

 

- Talvez já não tenham assim tanta fome… - comenta Vasco, tentando ser sarcástico e recebendo um olhar nada amigável de Beatriz em consequência. – Desculpa! – redime-se imediatamente. – Eu sei que...

 

- Cala-te! – interrompe a vampira, impaciente, ignorando que ele é mais velho, mais poderoso e de certo o próximo líder.

 

E ninguém a reprime por esse deslize. Para além disso, já há tempo demais que Isabel se mantém calada, quase alheia.

 

- Está tudo bem, Isabel? – certifica-se Mais Antigo, enquanto escrevinha num mapa da Serra.

 

- Sim! – apressa-se ela a garantir. – Só estou com maus pressentimento… - confessa.

 

- E quem não está? – responde  o vampiro, tranquilizando-a com a normalidade dos seus sentimentos.

 

Momentos mais tarde…

 

O plano de busca está formado e o local de encontro foi marcado apenas minutos antes do mesmo, para que não houvesse risco de que alguém ou alguma coisa interferisse e a confusão se gerasse – isto é, evitando um possível ataque.

 

Numa pedra, rústica, que parece imitar uma mesa, estende-se o mapa da zona. Certos de que àquelas horas, com o pôr-do-sol a dourar o céu, não serão interrompidos por humanos que passeiam pelos trilhos da Serra, os vampiros só esperam não ser surpreendidos por outro tipo de criaturas.

 

Durante a tarde, várias foram as noticias que actualizaram a situação, má desde o início, e que vem piorando. Mais Antigo ocupou-se de avisar as restantes Comunidades sobre o perigo eminente.

 

Sabe-se que, apesar de os ataques terem abrandado, e poucos mais vampiros terem morrido, muitas foram as más noticias em relação ao avanço do estado dos feridos. – Golpes que não cicatrizam, alguns aumentaram, outros escureceram ficando como nódoas negras, e, pior ainda, está o vampiro mordido mesmo no pescoço, que manifesta fortes alucinações e febres.

 

- É como um vírus… - suspirou Mais Antigo. - Como se uma doença tivesse sido criada em laboratório especificamente para vampiros e se esteja a disseminar… - comentou enquanto recebia mais uma noticia, durante a reunião com Vasco, Isabel, Beatriz e James,

 

- Só espero que quem criou essa doença, tenha criado também uma cura… - comentou Beatriz, num murmúrio, apenas segundos depois.

 

Mas agora ali, com os vampiros reunidos e ansiosos por agir, o que importa mesmo não são as suposições, mas sim as certezas de que, acima de tudo, devem proteger-se uns aos outros e, claro, devem estar prontos para qualquer coisa.

 

Trata-se de uma busca incerta, onde nem sabem o que buscam exactamente.

 

Basicamente, optou-se por, em vez da formação de grupos que se encarregariam de uma dada zona, em distribuir os batedores individualmente, por áreas de menor dimensão. Assim, serão mais rápidos e mais estarão potencialmente mais atentos a si mesmos e ao seu redor, não se preocupando com o grupo.

 

Contudo, obviamente, há que manter o espírito de equipa, por isso, estabeleceu-se um limite que não autoriza à saída de Sintra, garantindo-se que ninguém ficaria longe demais a ponto de não notar a presença do próximo e do anterior batedor, assim como estes o notarem a si.

 

Pretende-se apenas que o socorro seja prestado em caso de emergência. Por isso, vale também o facto de que, como raramente, os vampiros saem armados, confiando que apenas a sua natureza pode não lhes valer de nada no momento.

 

Para além disso, com excepção de Isabel, o Líder dos vampiros não autorizou a presença de quem não fosse vampiro, nem mesmo a de Luna, e especialmente ela.

 

- Estão prontos? – questiona Mais Antigo. – Não se esqueçam de manter os sentidos bem apurados, a mínima anormalidade é digna de atenção! Eu não quero perder ninguém!

 

O consentimento é mútuo.

 

- Que a sorte esteja do nosso lado! – deseja Vasco, dando sinal para que se inicie a busca.

 

Continua…

3 comentários

Comentar Post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisa Aqui

 

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada, havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Após o final da Fanfic, em Novembro de 2017, foi anunciado pela autora que o Blog continuaria online, e que ganharia mais duas colunas: "Tudo Certo com Lua Vermelha" e "Tudo Errado com Lua Vermelha". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D