Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 3ªtemporada - Episódio 66 – “Em Busca”

[Boa Noite! Aqui vos deixo finalmente mais um episódio :D Espero que gostem!]

 

Continuação…

 

Luna nem sequer está realmente a gritar por si. Tudo não passa de uma ilusão. De um jogo psicológico sujo.

 

Será?

 

Afonso gostava de exigir respostas, adoraria poder esbracejar e gritar a sua raiva por toda aquela devoção a um homem que destrói vidas, por mais sobrenaturais que elas se afirmem. Se ao menos lhe dessem a oportunidade de falar e de lhes colocar a hipótese de que Joseph, na verdade, não os ajuda, mas se aproveita deles.

 

Mas nada. Não consegue fazer nada. Pior do que estar preso, amarrado, esfomeado, é saber e sentir que alguém tem controlo sobre o seu subconsciente e que, partindo disso, poderá ter influência sobre tudo o resto.

 

O jovem sente cada pedaço da sua consciência, e do seu poder, ser-lhe extraído. Se ao menos lhe dessem a oportunidade… Mas o que se pode fazer contra a força da natureza? Contra eles? Esperar a oportunidade… Ou criar a oportunidade?

 

 

O consílio está prestes a ser dado como terminado, mas Beatriz intervém antes que Mais Antigo dê a última palavra que autorizará a retirada dos presentes.

 

- Gostaria de propor a realização de uma busca pela serra ainda hoje! – introduz, com esperança de que mais alguém queira realmente arriscar como ela. - Depois das notícias que acabámos de receber, esta nova ameaça pode estar cada vez mais perto do que imaginamos e, talvez uma busca no terreno possa garantir-nos de que, para além do Dimitri, não teremos mais problemas em breve. – explica a ex-líder, depois do consentimento de Mais Antigo, Vasco e Isabel sobre o assunto. – Estão comigo?

 

Ninguém questiona a ideia. Na verdade, o novo susto suscitou alguma adrenalina no vampiros, desejosos de enfrentar o perigo, ansiosos por fazer valer a sua coragem, força e sobrevivência novamente. Pois os vampiros hão-de continuar a fazer parte da História, ainda que ocultos nas sombras dos humanos, mas lá estarão, como sempre estiveram!

 

Apenas um dos presentes, James, ergue o braço para pedir a palavra. Mas nada mais do que sugerir um plano seguro para a concretização rápida e eficaz da busca, é o que pretende, apresentando-se como hábil na formação de planos de guerra.

 

Mais Antigo dá autorização de saída a todos os que necessitam e podem realmente ausentar-se, regressando por instantes às suas vidas. Apenas ele, o próximo líder, a ex-líder, Isabel e James que, afinal, é perito em buscas e fugas, ficam na cripta. Francisca ainda insistiu, garantindo que podia ficar, mas depressa a convenceram a prestar auxílio aos vampiros, cujo porto seguro é o hotel.

 

Após o fim do Consílio, as más noticias continuaram a chegar. Mais vampiros foram atacados. Felizmente, agora mais feridos do que mortos. Mas na verdade, os feridos também não têm razões para agradecer estar vivos.

 

- Talvez já não tenham assim tanta fome… - comenta Vasco, tentando ser sarcástico e recebendo um olhar nada amigável de Beatriz em consequência. – Desculpa! – redime-se imediatamente. – Eu sei que...

 

- Cala-te! – interrompe a vampira, impaciente, ignorando que ele é mais velho, mais poderoso e de certo o próximo líder.

 

E ninguém a reprime por esse deslize. Para além disso, já há tempo demais que Isabel se mantém calada, quase alheia.

 

- Está tudo bem, Isabel? – certifica-se Mais Antigo, enquanto escrevinha num mapa da Serra.

 

- Sim! – apressa-se ela a garantir. – Só estou com maus pressentimento… - confessa.

 

- E quem não está? – responde  o vampiro, tranquilizando-a com a normalidade dos seus sentimentos.

 

Momentos mais tarde…

 

O plano de busca está formado e o local de encontro foi marcado apenas minutos antes do mesmo, para que não houvesse risco de que alguém ou alguma coisa interferisse e a confusão se gerasse – isto é, evitando um possível ataque.

 

Numa pedra, rústica, que parece imitar uma mesa, estende-se o mapa da zona. Certos de que àquelas horas, com o pôr-do-sol a dourar o céu, não serão interrompidos por humanos que passeiam pelos trilhos da Serra, os vampiros só esperam não ser surpreendidos por outro tipo de criaturas.

 

Durante a tarde, várias foram as noticias que actualizaram a situação, má desde o início, e que vem piorando. Mais Antigo ocupou-se de avisar as restantes Comunidades sobre o perigo eminente.

 

Sabe-se que, apesar de os ataques terem abrandado, e poucos mais vampiros terem morrido, muitas foram as más noticias em relação ao avanço do estado dos feridos. – Golpes que não cicatrizam, alguns aumentaram, outros escureceram ficando como nódoas negras, e, pior ainda, está o vampiro mordido mesmo no pescoço, que manifesta fortes alucinações e febres.

 

- É como um vírus… - suspirou Mais Antigo. - Como se uma doença tivesse sido criada em laboratório especificamente para vampiros e se esteja a disseminar… - comentou enquanto recebia mais uma noticia, durante a reunião com Vasco, Isabel, Beatriz e James,

 

- Só espero que quem criou essa doença, tenha criado também uma cura… - comentou Beatriz, num murmúrio, apenas segundos depois.

 

Mas agora ali, com os vampiros reunidos e ansiosos por agir, o que importa mesmo não são as suposições, mas sim as certezas de que, acima de tudo, devem proteger-se uns aos outros e, claro, devem estar prontos para qualquer coisa.

 

Trata-se de uma busca incerta, onde nem sabem o que buscam exactamente.

 

Basicamente, optou-se por, em vez da formação de grupos que se encarregariam de uma dada zona, em distribuir os batedores individualmente, por áreas de menor dimensão. Assim, serão mais rápidos e mais estarão potencialmente mais atentos a si mesmos e ao seu redor, não se preocupando com o grupo.

 

Contudo, obviamente, há que manter o espírito de equipa, por isso, estabeleceu-se um limite que não autoriza à saída de Sintra, garantindo-se que ninguém ficaria longe demais a ponto de não notar a presença do próximo e do anterior batedor, assim como estes o notarem a si.

 

Pretende-se apenas que o socorro seja prestado em caso de emergência. Por isso, vale também o facto de que, como raramente, os vampiros saem armados, confiando que apenas a sua natureza pode não lhes valer de nada no momento.

 

Para além disso, com excepção de Isabel, o Líder dos vampiros não autorizou a presença de quem não fosse vampiro, nem mesmo a de Luna, e especialmente ela.

 

- Estão prontos? – questiona Mais Antigo. – Não se esqueçam de manter os sentidos bem apurados, a mínima anormalidade é digna de atenção! Eu não quero perder ninguém!

 

O consentimento é mútuo.

 

- Que a sorte esteja do nosso lado! – deseja Vasco, dando sinal para que se inicie a busca.

 

Continua…

3 comentários

Comentar Post

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são do género FANFIC, ou seja, apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

Pesquisa Aqui

 

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada, havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Após o final da Fanfic, em Novembro de 2017, foi anunciado pela autora que o Blog continuaria online, e que ganharia mais duas colunas: "Tudo Certo com Lua Vermelha" e "Tudo Errado com Lua Vermelha". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D