Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lua Vermelha

Sugestão de 2ª e 3ª temporada por Cláudia Silva. Tipo Fanfiction.

Lua Vermelha – 3ªtemporada - Episódio 74 – “Mortes Planeadas”

Continuação…

 

- Não se preocupem, ela vai ficar bem! – disse Luna, no momento em que Beatriz assentou no colo de Francisca, que no ultimo segundo correu para a amparar. – Eu sei que vai! – a sua afirmação transmitia confiança.

 

Tudo parecia estar bem, até que a revelação mais inesperada é feita. Beatriz foi mordida no primeiro confronto com um dos “novos vampiros”, no mesmo local e logo após Isabel ter posto fim aos problemas com os tios.

 

- Como assim vocês sabiam e não disseram nada? – ripostou Francisca, a sua voz indignada também espelhava vaga desilusão.

 

- Nós não sabíamos, só desconfiávamos… - intervém James, que havia chegado nesse dia de confronto, apoiando Isabel.

 

- A nossa relação é complicada… - assumiu Isabel sobre a vampira. – Fiquei à espera que ela se queixasse, era óbvio que ela o fizesse, mas o tempo passou e parecia que estava tudo bem! – justifica, sincera, pois realmente acreditou que tudo não passasse de uma confusão e que Beatriz estava bem.

 

- Ela nunca iria preocupar-nos se pudesse suportar o problema sozinha… - concluiu Vânia, acocorada ao lado de Francisca.

 

A discussão pareceu longa, mas na verdade foi bastante breve. Mais Antigo fez questão de lhe pôr termo, enquanto Beatriz parecia mover-se ligeiramente, a cabeça em particular. Os mais atentos notariam que ela tentava a qualquer custo falar, exprimir-se.

 

- Vamos manter a calma! – pediu, a sua voz elevando-se com autoridade. – Luna, pareces querer dizer alguma coisa…

 

E a jovem queria mesmo.

 

- Não quero soar mal, mas eu soube que isto ia acontecer há uns minutos atrás… - revela, sorteando a forma certa de o dizer, e ouvindo exclamações sussurradas de quase todos. - E também sei que ela vai ficar bem, em breve teremos uma cura para isto! – a segurança da jovem era surreal.

 

Pedro, aproximando-se dela, consegue sorrir entre todos os vampiros petrificados, e comenta: “Estás em alta, hoje!”. Conseguindo uma ligeira expressão de sorriso da rapariga.

 

- Continua… - pede Mais Antigo, urgente.

 

- Tudo acontece por uma razão, e eu acredito que podemos aproveitar este acontecimento de uma forma boa! Ela vai sobreviver a isto, assim como tudo o resto se vai resolver sem danos colaterais para o nosso lado, se continuar-mos a fazer por isso! – começou por dizer, inspirando fundo antes do remate final. – Mas o Joseph precisa de acreditar que eles morreram! Ele precisa do pior de nós!

 

 

- Foi isto que aconteceu! – desabafa Francisca, com alguma revolta na voz e expressão preocupada. - Dá para acreditar?!

 

Depois de dar a explicação mais detalhada possível a Cristina, Francisca ajuda-a a improvisar mais uma cama na cripta, enquanto James carrega Beatriz como uma pena. Vasco troca palavras rápidas e quase imperceptíveis ao telefone, junto à porta.

 

– Foi orgulho e muita sorte que a fez aguentar tanto tempo assim, agora só podemos esperar um milagre! Eu vou fazer o possível e o impossível, para não desiludir as previsões da Luna. – garante, enquanto a vampira é deitada sobre uma cama mutável.

 

As marcas de dentição são ainda visíveis sobre a pele arroxeada do antebraço esquerdo de Beatriz. Essa mancha de pele, estende-se até à mão e ombro através da marca ainda mais saliente das veias. Cristina começa por improvisar, apertando um pedaço de tecido forte em torno do ombro, esperando impedir que qualquer infecção continue a espalhar-se, mas já seria bom se apenas abrandasse. 

 

  - Alguma ajuda, seria bem-vinda? – pergunta James, olhando o corpo ainda imóvel de Henrique, e calculando que Cristina não terá nem tempo, nem forças para os dois. – Eu tenho alguns conhecimentos do ramo, acho que não iria atrapalhar… - oferece-se.

 

- Aceito! – apressa-se Cristina.

 

Vasco aproxima-se, cauteloso mas urgente.

 

- Desculpem interromper… O Mais Antigo vai prosseguir com o plano de buscas para capturar os restantes vampiros, e aceitou a Luna no comando, hoje! – revela, quase sorrindo. – A ideia é falsear ataques e algumas mortes, começando pela da Beatriz.

 

- Só espero que essa emboscada não traga veracidade às ideias da Luna… - suspira Francisca, deixando de lado a revolta, pelo verdadeiro desassossego.

 

Pensar em Afonso, que não faz ideia onde e como está, e olhar para Henrique e Beatriz ali mesmo à sua frente, sem vida nas expressões, deixa o coração de Francisca mais angustiado ainda.

 

- Vai correr tudo bem… - apressa-se Vasco a assegurar, com alguma calma e muita necessidade na voz. – Provas! – lembra-se. – Vão ser necessárias provas dos supostos ataques e consequentes mortes! O Mais Antigo vai obviamente encarregar-se dos falsos anúncios oficiais que vão espalhar o caos e chegar até ao inimigo. Prevê-se a chegada de vampiros solidários e revoltados que queiram participar da luta, e só esses revelaremos a verdade! – explica, rápido e sucinto.

 

Ouvindo atentamente Vasco, enquanto espalhava organizadamente alguns objectos e equipamentos em torno de Beatriz, Cristina sugeriu fotografias das mazelas das vitimas como prova.

 

Vasco confirma a ideia. James tira o telemóvel do bolso e fotografa o braço de Beatriz, de maneira a que a própria seja identificável.

 

- James, ficas aqui? – questiona Vasco, concordando com a ideia de que Cristina tenha algum apoio e recebendo um gesto afirmativo e já atarefado do vampiro. – Francisca?

 

- Mantenham-me informada! – pede. - Sobre os dois! – reforça, afastando-se com alguma dor e culpa por deixar dois dos seus “filhos” num momento assim.

 

Continua…

1 comentário

Comentar Post

Aviso

Todos os textos publicados neste blog são do género FANFIC, ou seja, apenas uma sugestão de continuação da série de vampiros da SIC, "Lua Vermelha", ou forma de a recordar. No fundo, pretendo simplesmente homenagear a história, dando-lhe o seguimento que imagino/desejo que tivesse. Não tenho qualquer intenção de plágio, não o considero como tal, e por isso agradeço o respeito e a preservação dos direitos de autor. Afinal, isto é paixão, mas dá trabalho :D

Pesquisa Aqui

 

Respeito

Gostaria de alertar todos os leitores/seguidores do blog para a prática do respeito entre todos, para comigo (autora) e para com os criadores/produtores e atores de "Lua Vermelha". Infelizmente, comentários desagradáveis e ofensivos já foram deixados por alguns "anónimos", o que me levou à decisão de moderar a liberdade para comentar, sendo que as vossas opiniões precisam da minha permissão para serem publicadas no blog. Apenas exijo respeito! Se forem respeitáveis com as palavras, o vosso comentário aparecerá na página, garanto! Obrigado!

O Blog

Nasceu em 2012, com uma sugestão (pouco profissional...:D) de 2ªtemporada para "Lua Vermelha", que teve o seu fim oficial no mesmo ano. Por gosto da autora (Cláudia Silva) e apoio dos leitores, o Blog chegou à 3ªtemporada, havendo ainda espaço para posts de homenagem à obra de ficção e aos atores, intitulados "VIDA DE VAMP", "VampAtual" e "MEMÓRIASdeVAMPIRO". Após o final da Fanfic, em Novembro de 2017, foi anunciado pela autora que o Blog continuaria online, e que ganharia mais duas colunas: "Tudo Certo com Lua Vermelha" e "Tudo Errado com Lua Vermelha". Tudo o que foi publicado anteriormente, continua online.

Sinopse

Era uma vez um colégio cravado no coração da serra de Sintra. Entre mistérios e perigos, o regresso de uma antiga guerra e uma vida aparentemente normal de adolescentes, um vampiro com 186 anos apaixonou-se por uma humana de 17 que, apenas (e só por acaso!) é filha do mais temido caçador de vampiros de sempre, "Jaguar". Ora! Este é só o excêntrico início de todos os problemas que farão a vida valer a pena...! Deixas-te morder?!

As Imagens

Afim de evitar algum tipo de constrangimento, creio ser importante referir que, originalmente, as imagens que utilizo no blog, referentes a "Lua Vermelha", não são de minha autoria. Os direitos pertencem à SIC, à SP Televisão, ao fotógrafo José Pinto Ribeiro... e avisem-me caso falte alguém! :D Contudo, saibam que não publico qualquer imagem sem a editar/modificar primeiro, tornando-os algo minhas e do blog. Espero que respeitem e, claro!, apreciem!

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D